Homem é preso acusado de abusar sexualmente de duas menores de idade, em Manaus

por Naief Queiroz

Um homem, de nome não divulgado, 44, foi preso na manhã desta quinta-feira (6), na Rua Inoa, bairro Novo Aleixo, na zona leste da cidade, suspeito de ter praticado abusos sexuais contra duas adolescentes, uma de 16 e outra de 12 anos. A mais velha é sua ex-enteada, e a mais nova é neta de sua ex-companheira.

O primeiro BO contra o suspeito foi registrado em agosto do ano passado, e o segundo, em setembro (Foto: Reinaldo Okita/Arquivo GDC)

Segundo a delegada titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), Joyce Coelho, o primeiro Boletim de Ocorrência (BO) contra o suspeito foi registrado em agosto de 2019, quando a adolescente de 16 anos relatou à mãe que sofreu os abusos por parte do padrasto.

“Ela guardou segredo desde essa época, mediante ameaças. Após quatro anos, que tinha findo esse período de abuso, ela teve coragem e resolveu romper esse silêncio e contar os abusos que havia sofrido desde os seis anos de idade”, disse.

Após a instauração do primeiro inquérito, tendo como vítima a adolescente de 16 anos, em setembro de 2019, a menina de 12 anos também resolveu denunciar os abusos.

“No mês de setembro, um novo BO foi registrado. Dessa vez, da adolescente de 12 anos, sobrinha da primeira vítima, relatando que foi encorajada pela denúncia da tia, e também acabou corroborando a denúncia, dizendo que os mesmos abusos ocorriam com ela também, considerando que a família morava no mesmo terreno”, afirmou.

Conforme a delegada, o suspeito já não tinha nenhum tipo de relacionamento com a mãe da adolescente de 16 anos, há cerca de seis anos. A família não tinha conhecimento dos abusos sexuais cometidos contra as adolescentes.

“É visível que a família não tinha qualquer tipo de desconfiança, até porque, na fala das vítimas, elas eram coagidas e ameaçadas para que mantivessem o segredo, para que ele continuasse abusando repetidas vezes. Infelizmente, esse é o perfil do abusador”, acrescentou.

O homem foi indiciado pelos dois estupros de vulnerável. Ele será encaminhado para audiência de custódia, no Fórum Henoch Reis, bairro São Francisco, zona sul de Manaus.

Leia também