Mulher que decepou as partes íntimas do próprio irmão foi morta pelo ex-marido

por Naief Queiroz
Mulher que decepou as partes íntimas do próprio irmão foi morta pelo ex-marido

Franciele em junho de 2019, quando residia em Francisco Alves, ao saber que sua filha de 3 anos, tinha sido estuprada pelo tio, de 13 anos, foi a casa do mesmo tirar satisfação, momento que ele confessou o abuso. Franciele tomada de raiva decepou o pênis do irmão.

Franciele de Lima Meira Carmo, de 27 anos, foi brutalmente assassinada em Palotina no sábado, 15. Franciele foi morta pelo ex-marido.

Ela foi encontrada morta com os pés e mãos amarradas, e uma faca cravada em seu pescoço. Franciele havia se mudado a pouco tempo para Palotina.

Na época em que decepou o pênis do irmão, ela afirmou que tomou tal atitude movida pela raiva, ela foi presa, mas liberada e respondia o processo em liberdade.

EX-PRESO.

Em Francisco Alves, o ex-marido de Franciele foi preso. Ele primeiramente negou ter participação no crime, mas, diante de contradições acabou confessando. O ex-marido de Franciele não teve o nome divulgado, foi autuado por feminicídio.

Leia também