Repórter é agredido e humilhado por integrantes da Escola de Samba Aparecida no Sambódromo; veja vídeo

por Naief Queiroz
Repórter é agredido e humilhado por integrantes da Escola de Samba Aparecida no Sambódromo; veja vídeo

Na noite desta quarta- feira (19), o repórter Denivaldo Oliveira do Portal Tucumã, foi agredido por integrantes da Escola de Samba Aparecida, durante o Ensaio Técnico das Escolas de Sambas do Grupo Especial no Sambódromo, na Zona Centro-Oeste de Manaus.

Segundo Denivaldo, a equipe de reportagem foi até o sambódromo para fazer a transmissão do Ensaio Técnico 2020, e quando ele começou mostrar os bastidores da concentração da Aparecida, como outros colegas da imprensa faziam, ele foi expulso e agredido verbalmente por vários integrantes da escola.

“Estava eu e minha cinegrafista ao vivo, e em nenhum momento pediram para sair dali, e do nada, durante a transmissão, seis elementos começaram a gritar comigo, foram pra cima de mim, tinha outros colegas da imprensa trabalhando lá também fazendo transmissão, mas eles estavam loucos, disseram que não podia gravar, que nós estávamos atrapalhando, sendo que esse ensaio foi divulgado para toda imprensa fazer cobertura, eu me senti humilhado” lamentou Denivaldo.

Após o constrangimento, Denivaldo foi  até o 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), na Zona Norte, onde registrou Boletim  de Ocorrência (BO).

Fonte: Cm7

Leia também