Ator de ‘Homem de Ferro’ é preso por vender ‘cura’ para coronavírus

por Naief Queiroz
Ator de ‘Homem de Ferro’ é preso por vender ‘cura’ para coronavírus

O ator americano Keith Middlebrook, famoso por suas participações em filmes como “Homem de ferro 2” e “O homem que mudou o jogo“, foi pelo FBI preso na quarta-feira, dia 25, por vender pílulas que supostamente curam o Covid-19. Ele estaria comercializando medicamentos que curaria os que já estão doentes e também evitaria que pessoas saudáveis fossem contaminadas. De acordo com o Washington Post, este é o primeiro crime relacionado ao coronavírus nos Estados Unidos.

Segundo sites internacionais, o ator, de 53 anos, foi preso em flagrante quando tentou entregar as pílulas a um agente do FBI que se passava por um investidor. A agência norte-americana descobriu que ele vinha tentando obter fundos com investidores em potenciais para a empresa criada por ele, a Quantum Prevention CV. Ele tentava atrair as pessoas prometendo ganhos de 200 a 300% para cada milhão de dólares investidos, usando ainda o nome do ex-jogador de basquete Magic Johnson’s. Após a prisão, Keith Middlebrook foi indiciado por fraude e, se for condenado, pode pegar até 20 anos de cadeia.

Em sua conta do Instagram, que conta com 2,5 milhões de seguidores, Keith publicou vídeos de pípulas e injeções que seriam a cura e a prevenção contra o vírus. ”Eu não apenas fiz a cura, como também a prevenção. Se eu entrar no Staple Center (arena dos Estados Unidos) e todo mundo for positivo para coronavírs, eu não poderei me contaminar. É impossível. Eu tenho o que te torna imune ao vírus”, explicou ele em um dos vídeos.

O ator ainda garantiu que seus produtos tinham o apoio de um médico do governo do presidente Donald Trump. Sobre a pandemia, ele afirmou que a mídia e as organizações mundiais de saúde estão criando uma histeria para prejudicar o republicano.

No IMDB, Keith ainda é creditado por participações nos longas “Thor”, “Transformers”, “Quero matar meu chefe” e “Invasão ao mundo”. Ele também trabalhou nas séries “How I met your mother”, “Castle”, “CSI” e “Família Soprano”.

Leia também