Bolsonaro pede fim do isolamento por coronavírus: “Algumas mortes terão. Paciência”

por Naief Queiroz
Bolsonaro pede fim do isolamento por coronavírus: “Algumas mortes terão. Paciência”

presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse, durante entrevista no programa Brasil Urgente, nesta sexta-feira (27/03), que pode fazer novo pronunciamento em cadeia nacional neste sábado (28/03). O jornalista José Luiz Datena perguntou se vai ser mais calmo do que o anterior, que causou grande revolta na maioria dos brasileiros. “Vai ser verdadeiro, a interpretação vai ser de quem tá ouvindo. Eu não falo o que o povo quer, mas o que o povo precisa ouvir”, respondeu o presidente.

E emendou: “O brasileiro quer trabalhar, esse negócio de confinamento aí tem que acabar, temos que voltar às nossas rotinas. Deixem os pais, os velhinhos, os avós em casa e vamos trabalhar. Algumas mortes terão, mas acontece, paciência”.

Ao ser questionado sobre os recentes desentendimentos com o governador de São Paulo, João Doria, Bolsonaro rebateu: “Eu ouvi poucos segundos [da entrevista do Doria], até porque eu tenho o que fazer. Não vou ficar ouvindo esse cidadão. Ele virou papagaio de auditório, fica o tempo todo dando entrevista”, provocou.

Para o chefe do Executivo brasileiro, as medidas adotadas pelo governador do estado para conter a pandemia do coronavírus não estão no caminho certo. “São Paulo não tá no caminho certo. A população já entendeu que ele exagerou na dose”, enfatizou.

Leia também