Internet se revolta com declaração do dono do Madero e pede boicote

por Naief Queiroz

Após Roberto Justus minimizar o número de mortes causadas pelo coronavírus, Junior Durski, dono dos restaurantes Mader e Jeronimo Burguer, seguiu o mesmo discurso e mostrou também mais preocupação com os efeitos econômicos do que com a quantidade de vidas perdidas pelo vírus.

As suas declarações não foram bem vistas pelos internautas, durante a madrugada desta terça-feira (24), o nome ‘Madero’ ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter, pois muitos sugeriram o boicote do restaurante. 


Durski se posicionou e também disse não concordar com o fechamento do comércio, pois, para ele, o Brasil não pode ficar parado porque necessita de mão de obra para funcionar. O empresário também citou que o impacto futuro na economia será ainda maior que as mortes. 

Leia também