Presos preparam churrasco para comemorar aniversário de Ronaldinho Gaúcho

por Naief Queiroz
Presos preparam churrasco para comemorar aniversário de Ronaldinho Gaúcho

Ronaldinho Gaúcho completará 40 anos neste sábado, mas longe de ser da forma que gostaria. Detido na Agrupación Especializada por portar passaportes falsos para entrar no Paraguai, o craque segue atrás das grades. Mas irá comemorá o aniversário com um churrasco feito pelos detentos.

De acordo com a ‘ESPN’, a informação é de Blas Vera, diretor do presídio de alta segurança. Como o local não pode receber visitas devido a pandemia do coronavírus, os detentos se organizaram entre si para o festejo.

— Nós oferecemos alimentação completa para os presos, mas, eles podem receber refeição de fora ou fazer comida aqui dentro. Eles fazem lá na área em que o Ronaldinho está e ele come o que preparam — declarou o diretor.

Ronaldinho tem liberdade quase irrestrita de circular no pátio do pavilhão em que estão outros 25 presos. Ele está passando a maior parte do tempo jogando futsal na parte da tarde e foi disputado para integrar as equipes do campeonato interno do local.

Segundo o ‘ABC Color’, o craque foi um dos destaques de um amistoso que aconteceu dentro do presídio, onde a sua equipe venceu por 11 a 2.

Entenda o caso

O ex-astro do Barcelona e da seleção brasileira Ronaldinho Gaúcho e seu irmão Roberto Assis foram detidos pela polícia do Paraguai na noite desta quarta-feira sob acusação de ter entrado no país usando supostos passaportes adulterados.

Euclides Acevedo, ministro do Interior do Paraguai, informou que investigadores entraram na suíte presidencial do Hotel Yacht y Golf Club, onde Ronaldinho estava hospedado, e encontraram dois passaportes adulterados. Um estava em nome do ex-jogador e o outro no do irmão.

Ronaldinho chegou ao Paraguai na quarta-feira para o lançamento do seu livro “Gênio da vida” e participaria do lançamento de um programa social destinado a crianças organizado pela Fundação Fraternidade Angelical.

Ronaldinho Gaúcho responsabilizou o empresário Wilmondes Sousa Lira, de 45 anos, que o representa no país vizinho, por portar o documento adulterado. Tanto o craque quanto o irmão e agente dele, Ronaldo de Assis Moreira, foram levados pelos agentes.

Leia também