Tráfico mandar cancelar bailes funk em favelas do Rio por coronavírus

por Naief Queiroz
Tráfico mandar cancelar bailes funk em favelas do Rio por coronavírus

Traficantes de várias favelas do Rio ordenaram que bailes funks fossem cancelados por conta da epidemia de coronavírus. As determinações começaram na sexta-feira passada e se estendem até o próximo final de semana. As ordens foram dadas por criminosos de favelas dominadas por duas facções diferentes em toda a Região Metropolitana do estado.

No anúncio do cancelamento do baile funk que aconteceria na favela da Palmeirinha, em Duque de Caxias, no último sábado, as atrações do evento aparecem com máscaras. Sobre a propaganda, aparece a palavra “cancelado”. A favela é dominada pela maior facção do tráfico de drogas do estado.

No Complexo do Chapadão, na Zona Norte, ocupado pela mesma quadrilha, o tráfico suspendeu os bailes por tempo indeterminado: “A diretoria resolveu suspender a realização dos nossos bailes pelo motivo que todos já sabem, essa praga desse vírus vem se espalhando pela cidade e essa parada é muito séria. Enquanto não tivermos tranquilidade, o baile estará suspenso”, diz o aviso publicado nas redes sociais.

Leia também