Amazonas registra a 15ª morte por novo coronavírus

por Naief Queiroz
Amazonas registra a 15ª morte por novo coronavírus

O Amazonas registrou, pela primeira vez, mais de cem casos em apenas um dia de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. A Fundação de Vigilância em Saúde do Estado (FVS-AM) divulgou, no início da noite deste domingo (5), mais uma atualização de pessoas infectadas com o coronavírus no Amazonas. Foram registrados 106 novos casos de sábado (4) para domingo, totalizando o número de 417 infectados. O número de mortes subiu para 15.

De acordo com os números divulgados, são 379 casos em Manaus, o que representa 90% dos casos. No interior são 38 pessoas infectadas, sendo: 16 em Manacapuru, 3 em Parintins, 5 em Itacoatiara, 5 em Santo Antônio do Içá, 3 em Tonantins e 2 em Iranduba. Os municípios de Anori, Boca do Acre, Careiro da Várzea e Novo Airão registram um caso, cada.

Após a nota da FVS-AM, A Prefeitura de Itacoatiara divulgou no início da noite deste domingo que o número de casos subiu de 5 para 8. A assessoria da FVS contou que, em relação ao caso de Itacoatiara, as informações foram repassadas na tarde deste domingo, e que o número de casos seria de 5 pessoas. O número de casos vai ser atualizado e divulgado nesta segunda (6).

Seguem em isolamento domiciliar 219 pessoas e 38 estão internadas – sendo 20 em Unidades Intensivas de Terapia (UTIs). Um total de 1.051 pessoas esperam pelo resultado do exame para saber se estão infectadas.

O relatório divulgado neste domingo foi atualizado com mais três mortes. Uma paciente de Manaus, de 50 anos e com histórico de doença renal crônica e obesidade, que morreu na noite de sábado (4); uma idosa de Manacapuru, de 72 anos e com histórico de hipertensão; e um homem de 55 anos, e com histórico de obesidade, veio a óbito por volta das 7h, deste domingo.

Na capital Manaus, foram registrados 11 óbitos, o que representa 73% dos casos. Três mortes foram registradas de pessoas oriundas de Manacapuru e uma de Parintins. Seis óbitos estão aguardando exames laboratoriais para saber se a causa da morte foi a Covid-19.

Leia também