Empresa dos EUA inicia testes de nova possível vacina do coronavírus

por Naief Queiroz

A empresa norte-americana de biotecnologia Novavax iniciou a primeira fase de testes de um novo composto em voluntários humanos para encontrar uma possível vacina contra o novo coronavírus.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou na última sexta-feira (22) que 10 vacinas experimentais estavam sendo testadas em seres humanos, incluindo o composto da Novavax.

Os adjuvantes presentes na vacina são projetados para aumentar a resposta imune e fornecer uma proteção mais duradoura contra infecções.

A Novavax informou que a primeira fase dos testes na Austrália envolveria cerca de 130 participantes saudáveis com idades entre 18 e 59 anos, com uma segunda fase a ser realizada posteriormente em vários países, incluindo os Estados Unidos. A segunda fase de testes focará na imunidade, a segurança e a redução da covid-19 em uma faixa etária mais ampla, disse a Novavax à agência Reuters.

Mercado

As ações da Novavax subiram cerca de 23% (US$ 56,50) após iniciar os testes em humanos. A empresa espera ter uma resposta sobre os resultados em julho.

O anúncio ocorre quando fabricantes de medicamentos pausam os ensaios clínicos de medicamentos para outras doenças e se concentram na covid-19.

O coronavírus já infectou mais de 5,3 milhões de pessoas em todo o mundo e resultou em mais de 343.000 mortes.

Leia também