Mais uma vitória de Wilson Lima, desembargador suspende CPI da saúde

por Alex Mendes
Mais uma vitória de Wilson Lima, desembargador suspende CPI da saúde

Mais uma vitória da base aliada do governador Wilson Lima (PSC) no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM). Dessa vez, o desembargador Mauro Bessa atendeu o pedido de mandado de segurança, impetrado pela deputada estadual Alessandra Campelo (MDB), e suspendeu a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde, que iria investigar os possíveis desvios de recursos públicos durante a pandemia e os governos de Omar Aziz, José Melo e David Almeida.

Na semana passada, a base aliada do governador Wilson Lima teve outra vitória no TJAM, quando o desembargador Wellington José de Araújo concedeu liminar suspendendo o processo de impeachment do governador do Amazonas e do vice, Carlos Alberto Almeida, em resposta a uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) ingressada pelo deputado estadual Doutor Gomes (PSC).

O pedido de impeachment foi ingressado na ALE-AM pelo presidente do Sindicato dos Médicos (Simeam), Mário Vianna, e aprovado pelo presidente da Casa, deputado Josué Neto (PRTB), no dia 30 de abril.

Em manifestação feita nas redes sociais, o presidente da ALE-AM comentou a decisão ao escrever: “Desembargador do TJAM concede liminar a pedido da deputada Alessandra Campelo. O receio é grande e existe. O Executivo não está fazendo. O Legislativo é impedido de fiscalizar e legislar. Esta é a crise brasileira”.

Leia também