Curso de introdução ao teletrabalho está disponível para todos os servidores públicos

por Naief Queiroz

O Curso Introdutório ao Teletrabalho chegou à marca de mil certificados e é o primeiro da Fundação Ceperj a fazer parte da Escola Virtual de Governo, da Escola Nacional de Administração Públicada (Enap). A partir desta terça-feira (dia 2), a capacitação estará disponível a todos os servidores públicos e profissionais do país, antes, o curso estava disponívei apenas para os servidores estaduais do Rio.

Os interessados em realizar a capacitação podem acessar o site https://www.escolavirtual.gov.br/.

A plataforma é administrada diretamente pela Enap e oferece um catálogo de cursos,unificando as principais escolas de governo e centros de capacitação da Administração Pública.

Com carga horária de oito horas, o Curso Introdutório ao Teletrabalho foi lançado no dia 8 de abril com o objetivo de suprir a demanda de capacitação para servidores que, durante o período de pandemia, estão tendo de lidar com as dificuldades do HomeOffice. O conteúdo foi adaptado pela equipe da EGPP e disponibilizado no site da Fundação, gratuitamente.

“É um marco histórico para o reconhecimento do trabalho realizado pela Fundação CEPERJ. A partir dessa conquista conseguimos levar a Escola de Gestão e Políticas Públicas ao contexto nacional como Escola de Governo de excelência, figurando entre instituições de renome não só de nosso estado, como do país e do cenário internacional. Estamos aptos a oferecer capacitações de alto nível que contribuem com a qualificação de servidores e das políticas públicas”, comentou Leonardo Mazzurana, diretor da EGPP.

Para o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Leonardo Rodrigues, os números alcançados são muito positivos e só mostram que mesmo durante a pandemia, os servidores têm buscado manter da melhor forma o trabalho remoto.

“É momento de adaptação e, sem dúvidas, esse curso é uma excelente ferramenta de auxílio para manter a eficiência no novo modelo de trabalho que se desenhou. Não podemos parar e seguiremos empenhados pela qualidade contínua do serviço público”, ressaltou Rodrigues.

Leia também