Governador do Amazonas é alvo de ação contra desvios na compra de respiradores

por Naief Queiroz

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), é um dos alvos de uma operação da Polícia Federal e do Ministério Público Federal (MPF) que investiga desvios na compra de respiradores. Os policiais buscam cumprir 20 mandados de busca e apreensão e outros oito de prisão, autorizados pelo ministro Francisco Falcão, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A casa do governador é alvo de buscas, assim como a sede do governo e a Secretaria de Saúde.

As investigações apontam para a suposta formação de organização criminosa para desiar recursos destinados ao combate à pandemia da Covid-19. Entre as medidas tomadas contra o grupo estão o bloqueio de bens no valor de R$ 2,976 milhões de 13 pessoas e empresas investigadas.

Para os investigadores, houve compra superfaturada de respiradores e direcionamento na escolha da empresa que vendeu os equipamentos. Além disso, são apuradas as práticas de lavagem de dinheiro e fraude processual, que contaria, de acordo com o MP, “com a participação direta do governador”, além de empresários e servidores.

O governador ainda não se manifestou sobre o assunto.

Leia também