Índia proíbe 59 aplicativos, incluindo TikTok e WeChat

por Naief Queiroz

A Índia proibiu 59 aplicativos para smartphone, a maioria chineses, incluindo TikTok, UC Browser da Alibaba e WeChat da Tencent, citando preocupações de segurança, informou o governo em comunicado nesta segunda-feira (29).

Os aplicativos são “prejudiciais à soberania, integridade e defesa da Índia, segurança do Estado e ordem pública”, afirmou o Ministério da Tecnologia da Informação.

Leia também