“Bolsonaro é cúmplice do Gabinete do Ódio”, diz Jean Wyllys

por Naief Queiroz

O ex-deputado federal Jean Wyllys (PSol-RJ) afirmou nesta sexta-feira (10/7), em entrevista ao Metrópoles, que o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), é “cúmplice” do Gabinete do Ódio — núcleo liderado pelo vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) responsável por disparar, nas redes sociais, ataques ofensivos e notícias falsas sobre autoridades e as instituições democráticas.

“O presidente Jair Bolsonaro se faz cada vez mais cúmplice da mentira, porque ele sabe que não tem como governar sem ser na base da mentira. Ele se torna cada vez mais cúmplice do Gabinete do ódios”, acusou Wyllys.

Para ao ex-parlamentar, o argumento dos bolsonaristas de que a reprodução de informações inverídicas estão contempladas no conceito de “liberdade de expressão” é uma maneira de evitar a penalização.

“Ele quer uma liberdade de atacar sem consequências. A liberdade de expressão está garantida, você é livre para expressar opiniões políticas, mas não implica em mentir contra o adversário, espalhar calúnias sobre o adversário”, reforçou.

Leia também