Escolas de samba dizem que só desfilarão em 2021 se houver vacina contra covid-19

por Naief Queiroz

Segundo informações do jornal Extra, as escolas de samba do Rio se reunirão nesta terça (14), com a Liga das Escolas de Samba do Rio e anunciarão que só participarão dos desfiles do carnaval de 2021 caso haja vacina contra a covid-19.

Uma sugestão feita pelo prefeito de Salvador, ACM Neto, será analisada pelas escolas e pela prefeitura do Rio, que será transferir a data do carnaval, ou para o feriado da Semana Santa, ou até mesmo para o meio do ano, para ganhar tempo.

Alguns dirigentes das escolas acham a decisão possível, mas arriscada, tendo em vista que para a confecção do carnaval, muitos trabalhadores ficam horas por dia trancados nos barracões confeccionando os carros alegóricos e as fantasias.

A Mangueira e a São Clemente têm um pensamento ainda mais radical, adiar de vez as festividades para 2222.

Leia também