Vídeos mostram ‘festinha’ regada a funk e cerveja em Departamento de Trânsito no norte do Brasil

por Naief Queiroz

A noite de quarta-feira (1) teve uma movimentação atípica no Departamento de Trânsito de Alenquer (DTA), no oeste do Pará. Em plena pandemia do novo coronavírus, um servidor do DTA achou um jeito diferente de encarar o plantão: festinha com jovens rebolando ao som de funk. E tudo registrado em vídeos que foram parar nas redes sociais nesta quinta-feira (2).

A “farra” aconteceu dentro da sede do Departamento e também na área externa, onde os veículos usados nas fiscalizações de trânsito ficam estacionados.

Nos vídeos, além de duas jovens que aparecem dançando funk, é possível ver sobre uma mesa do DTA, uma garrafa de cerveja dentro de um recipiente térmico e também um copo servido com a bebida alcoólica.

Os vídeos viralizaram nas redes sociais e provocaram reações diversas entre as pessoas que tiveram acesso. A grande maioria, criticando o uso do órgão público para a promoção de festinha particular.

Ao G1, o diretor do Departamento de Trânsito de Alenquer, Nazur Lima disse que foi informado sobre o episódio ainda na noite de quarta-feira, e foi até à sede do DTA verificar a situação.

“Me ligaram ontem à noite no momento da situação. Estamos tomando providências. Tinha um um servidor no local e já estamos tomando as medidas administrativas contra o mesmo”, informou Nazur Lima.

VEJA ESSE VÍDEO

ATUALIZAÇÃO DO CASO:

Nazur Lima não é mais diretor do Departamento de Trânsito de Alenquer (DTA), no oeste do Pará. Ele foi exonerado após o prefeito Josino Alves da Costa tomar conhecimento da “festinha” regada a funk e cerveja, na sede do órgão. Os vídeos que registraram a movimentação atípica ocorrida na noite de quarta-feira (1) dentro do órgão público circularam em grupos de redes sociais na quinta-feira (2).

Ao G1, Nazur havia informado na quinta-feira, após o vazamento dos vídeos, que havia ido ao órgão na noite de quarta-feira logo após receber a informação de que uma “festinha” estaria sendo realizada no local. Disse ainda que um servidor que estaria envolvido no episódio já havia sido identificado e que medidas administrativas seriam adotadas.

Nesta sexta-feira (3), por meio de nota, a prefeitura de Alenquer informou que, quando as imagens começaram a circular o prefeito encontrava-se no interior do município, e no momento em que chegou à cidade e tomou conhecimento dos fatos, imediatamente exonerou Nazur Lima da função de coordenador do Departamento de Trânsito, nomeando de imediato um substituto. O decreto de 1.566/2020, que exonera Nazur Lima foi assinado pelo prefeito Josino Costa ainda na quinta-feira.

O prefeito também determinou o afastamento do outro servidor envolvido no episódio. Contra Nazur Lima e outro servidor, a prefeitura informou que será instaurado processo administrativo disciplinar para apurar os fatos e punir os responsáveis na forma da lei.

“A Administração Pública Municipal repudia os atos ocorridos na sede do Departamento de Trânsito de Alenquer (DTA), e não será tolerante com atos de desvios de conduta de nenhum servidor, muito menos daqueles que ocupam funções de chefia, e entende que atos como os registrados em vídeo atentam contra princípios da administração pública, razão pela qual adotou e continuará adotando as medidas necessárias, com todo o rigor que o caso requer”, destacou a prefeitura em um trecho da nota.

Vídeos comprometedores

Nos vídeos, além de duas jovens que aparecem dançando funk hora sozinhas, ora com um homem, é possível ver sobre uma mesa do DTA, uma garrafa de cerveja dentro de um recipiente térmico e também um copo servido com a bebida alcoólica. Em um dos vídeos, Nazur Lima entra na sala onde as jovens estavam dançando.

Os vídeos viralizaram nas redes sociais e provocaram reações diversas entre as pessoas que tiveram acesso. A grande maioria, criticando o uso do órgão público para a promoção de festinha particular.

Leia também