Eduardo Braga comemora decisão do Ibama de acolher relatório de impacto da BR-319

por Naief Queiroz

 O senador Eduardo Braga (MDB/AM) destacou, nesta quarta-feira, dia 5, nas suas redes sociais, o acolhimento para análise, por parte do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), do Estudo de Impacto Ambiental e do Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima) necessários para liberação das obras de recuperação do chamado “trecho do meio” (entre os quilômetros 250 e 655) da BR-319.

“Grave este dia, um dia histórico para quem luta pela BR-319. O Ibama já recebeu o tão esperado ‘Estudo de Impacto Ambiental’ da nossa rodovia. Resultado do trabalho de todos que sonham com a definitiva recuperação da nossa BR”, afirma o senador.

A admissão dos documentos, cuja elaboração estava emperrada há mais de 10 anos, representa o cumprimento de uma etapa importante para se obter o licenciamento ambiental que possibilitará o asfaltamento da extensão mais problemática de toda a BR-319. São inúmeros buracos e crateras, além da lama que completa o cenário durante o inverno amazônico. 

Dedicação

Em audiência virtual com Eduardo, em 24 de junho, o ministro Freitas afirmou que técnicos da pasta se dedicavam exaustivamente à finalização do EIA/Rima para que o Ibama o liberasse rapidamente. “O acompanhamento deste licenciamento é uma prioridade nacional. Estamos muito otimistas com relação a isso”, disse na ocasião.

O trecho do meio, objeto do EIA/Rima, corresponde a 405,7 quilômetros da rodovia e está situado no Estado do Amazonas

Leia também