Festa de inauguração em Caapiranga é suspensa após ação do MP-AM

por Naief Queiroz

A festa de inauguração de uma praça pública e de ruas pavimentadas no município de Caapiranga, no interior do Amazonas, programada para este sábado (1°), foi suspensa após a Promotoria de Justiça ajuizar uma Ação Civil Pública (ACP) para impedir a realização da celebração. 

A ação do Ministério Público do Amazonas (MP-AM) levou em consideração os números da pandemia no município que, segundo o boletim divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), registrou 235 casos confirmados de Covid-19 e cinco óbitos. A taxa de letalidade é de 2,13%. 

O poder municipal autorizou o retorno gradual dos órgãos e entidades, e também autorizou o funcionamento de igrejas e templos, sob com regras de segurança específicas. Porém, manteve a suspensão de atividades como aulas de creches e escolas municipais, além da realização de eventos promovidos pela Prefeitura Municipal de Caapiranga com mais de 100 pessoas. 

Em nota, a prefeitura do município informou que suspendeu o evento.

A Prefeitura Municipal de Caapiranga informa a população em geral, que em relação a inauguração da praça pública e ruas de pavimento em concreto, que realizar-se-ão neste sábado (1) às 15:00hs, mesmo considerando todas as providências quanto as normas e orientações de prevenção contra a transmissão do vírus pelo Covid-19, inclusive com a participação limitada de pessoas. A Coordenação Geral, entendeu por melhor, suspender os citados eventos, uma vez que a demanda de participantes ultrapassará o quantitativo de pessoas previstos, além de estar atendendo dessa forma a Decisão Judicial proferida na noite desta sexta-feira (31). Assim, estamos juntos preservando a saúde e vida da população”. 

Leia também