Jorge Vercillo e o filho mais velho, Vinícius, se apresentam em homenagem ao Dia dos Pais

por Naief Queiroz

De pai para filho é o nome carinhosamente escolhido por Jorge Vercillo para dar início ao novo projeto de carreira, em parceria com Vinícius Vercillo, filho mais velho do cantor. O berço musical fez em Vinícius investir em técnicas sonoras e na composição de melodias para ascender no ramo cultural. Os dois optaram, então, por dedicar parte da trajetória artística ao trabalho conjunto.

O projeto De pai para filho, em comemoração ao Dia dos Pais, estreou ontem, em Brasília, e terá continuidade nesta sexta-feira (7/8), às 21h. O evento, devido à pandemia da covid-19, ocorre de forma a preservar o isolamento social, no Festival Drive-in, localizado no estacionamento do Aeroporto de Brasília. “Estamos aproveitando para apresentar esse show intimista exatamente na hora em que comemoramos uma data tão especial, para nós e para todos”, comemora Jorge Vercillo em entrevista ao Correio.

Para as apresentações, os cantores prepararam um repertório recheado de sucessos de Jorge Vercillo. Além disso, o cantor explica que é, também, o momento de mostrar ao público o talento do filho para compor músicas, inclusive em inglês. “Sinto que Vinícius tem um estilo próprio, mas traz esse DNA melódico e sinuoso na obra dele. Ele está falando e compondo fluentemente em inglês, o que é bom, pois é como se fosse o Esperanto, uma língua universal para essa nova geração”, explica Vercillo.

Os ensaios e criações de conteúdo têm sido em casa, em companhia da família. Nas horas vagas, Vinícius e Jorge aproveitam para acertar pontos importantes para a parceria. “Vini está começando a produzir seu primeiro álbum e a temática aqui em casa roda muito em cima do dilema da dificuldade de viver da música, fazendo o que ama, criando música que vem de dentro da alma e é verdade pra gente. Como aqui em casa nós tocávamos com dois violões, desenvolvemos essa parceria”, afirma.

Adaptação

Ao ser questionado sobre a adaptação aos novos modelos de apresentação durante o momento de isolamento social, Vercillo explica que tem aderido às lives virtuais. Em outro momento, comenta que está muito animado para implementar, cada vez mais, o show drive-in à carreira. “Acho que o carro é uma extensão do nosso corpo, da nossa casa… Para você poder curtir com sua família”, diz o cantor.
“O cidadão precisa, sim, se proteger do vírus, mas principalmente em lugares fechados. Estamos vendo aeroportos, bancos e shoppings lotados. Ao mesmo tempo, lugares abertos como um drive-in, que é a céu aberto e tem o público isolado em carros, com medidas extensivas que atrapalham muito a viabilização de eventos”, analisa.

Personagem

Em abril, Jorge Vercillo lançou o videoclipe da faixa Personagem, em parceria com Vitor Kley. A produção do conteúdo audiovisual foi completamente desenvolvida utilizando uma câmera de telefone celular. Segundo Vercillo, a ideia surgiu tendo em vista o baixo custo de investimento, já que “as mídias digitais estão pagando vergonhosamente os artistas por direitos autorais”.

O processo de criação envolveu equipamentos de iluminação e fotografia que o artista tinha em casa. As cenas foram gravadas em um cenário caseiro, com suporte e apoio da família. “Filmamos as cenas em uma festa solitária e imaginária, na beira da piscina, assim como diz a letra de Personagem. Usamos muita iluminação, com cores diferentes, no meu jardim. Como estou ilhado, fiz questão de fazer apenas nós”, conclui o artista.

Serviço

Jorge Vercillo e Vini Vercillo — De pai para filho
Hoje, às 21h, no 1º Festival Drive-In, no Aeroporto Internacional de Brasília. Ingressos disponíveis pelo Sympla, a partir de R$ 180 por carro com até 4 pessoas. Classificação 16 anos, menores devem ser acompanhados pelos pais. Todo o evento é transmitido via rádio FM, na frequência 102.1.

Leia também