Auxílio emergencial: Caixa faz novos depósitos e libera mais saques nesta semana; confira

por Naief Queiroz

Cerca de 7,8 milhões de trabalhadores nascidos em outubro e novembro — que aguardam uma nova parcela do auxílio emergencial — terão o dinheiro depositado nesta segunda-feira (dia 28) pela Caixa Econômica Federal, em suas contas poupanças sociais digitais. Desta vez, a instituição financeira vai beneficiar dois grupos de uma única vez. O dinheiro, porém, só poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem, num primeiro momento.

saque e a transferência bancária só estarão liberados a partir de 20 de outubro (para quem faz aniversário naquele mês) e 22 de outubro (para os aniversariantes de novembro).

Na quarta-feira, dia 30, será a vez de de 3,8 milhões de nascidos em dezembro também receberem o depósito de mais uma cota do benefício. A retirada, porém, estará disponível apenas em 27 de outubro, assim como a possibilidade de transferir a quantia.

Parcela ainda de R$ 600

Todos esses pagamentos fazem parte do ciclo 2. Essas pessoas ainda estão recebendo parcelas no valor de R$ 600. O auxílio emergencial residual ou extensão — como o governo está chamando as cotas extras de R$ 300, a serem pagas até dezembro — ainda não começou a ser liberado para os trabalhadores inscritos pelo aplicativo Caixa / Auxílio Emergencial, pelo site caixa.gov.br ou pelos Correios.

Informais, autônomos, microempreendedores individuais (MEIs), desempregados sem direito a seguro-desemprego e inscritos no CadÚnico sem Bolsa Família ainda esperam um novo cronograma de pagamento das parcelas adicionais de R$ 300.

Somente os beneficiários do Bolsa Família começaram a receber as cotas de R$ 300, a partir deste mês.

Nem todos terão nove parcelas

O Ministério da Cidadania já esclareceu que somente aqueles que começaram a ter o auxílio emergencial no mês de abril terão direito a nove parcelas ao todo (cinco de R$ 600 e quatro de R$ 300). Os demais receberão menos, pois o pagamento se encerrará em 31 de dezembro, invariavelmente, com o fim do estado de calamidade pública no país causado pela pandemia.

Portanto, um trabalhador que só começou a ter o benefício em julho, por exemplo, terá as cinco parcelas regulares até novembro e somente uma extra, em dezembro.

Saques liberados

Ainda nesta semana, a Caixa vai permitir o saque do benefício para 4,1 milhões de trabalhadores nascidos em março. O dinheiro será liberado para retirada nesta terça-feira (dia 29) nas agências no banco, nas casas lotéricas ou nos correspondentes Caixa Aqui. A quantia foi creditada para este grupo em 4 de setembro.

Os beneficiários do Bolsa Família que tenham Número de Identificação Social (NIS) com finais 8, 9 ou 0 também receberão o auxílio emergencial de hoje até quarta-feira (dia 30), já de R$ 300, encerrando o calendário de setembro.

Aqueles que pelo programa social — antes da pandemia — recebiam menos de R$ 300 por mês terão direito ao valor maior. Uma parte do dinheiro vai sair do orçamento do Bolsa Família e um complemento será pago pelo governo federal, até chegar aos R$ 300. Os que já ganhavam mais do que isso voltarão a ter o benefício original.

Leia também