Laboratório vaza bactéria e contamina 3 mil pessoas com brucelose na China

por Naief Queiroz

Um erro em um laboratório de vacinas para animais permitiu que uma bactéria vazasse do local e infectasse mais de 3 mil pessoas na China com um doença conhecida como brucelose, geralmente transmitida por gados e consumo de lacticínios.

De acordo com a agência de notícias AFP, o incidente ocorreu em 2019, na Unidade Biofarmacêutica de Lanzhou para Pecuária, na cidade de Lanzhou, capital da província de Gansu, no noroeste da China.

Na ocasião, a equipe de limpeza do laboratório teria usado um detergente vencido no processo de esterilização do espaço. Com isso a bactéria continuou viva e se espalhou pelo ar através de gases emitidos pela biofarmacêutica. No total 3.245 pessoas foram contaminadas com  brucelose.

O laboratório admitiu o erro e teve a licença cassado início de 2020. Ele assinou um acordo com o governo local e deve indenizar os pacientes a partir do próximo mês de outubro.

Brucelose, sintomas e tratamento

A brucelose é uma doença infecciosa que atinge animais como gados e suínos. Ela causa dores articulares e musculares intensa, febre, falta de apetite e cansaço e sudorese constantes.

Ela é transmitida por meio do consumo de carne e laticínios não pasteurizados. O problema é tratado com o uso de antibióticos, mas o paciente acometido pode ter recaídas constantes mesmo após longos períodos de recuperação.

Leia também