Ambev: Vendas de cerveja no Brasil disparam 20% e puxam recuperação em V

por Naief Queiroz

A cervejaria Ambev, dona de marcas como Brahma e Budweiser, informou hoje que suas vendas de cerveja no Brasil cresceram 19,8% em volume no terceiro trimestre de 2020 com a flexibilização das medidas de distanciamento social para diminuir a velocidade de disseminação do novo coronavírus e o auxílio emergencial do governo federal aos trabalhadores que perderam renda na crise.

“No Brasil, em cervejas, nós tivemos uma performance consideravelmente melhor que a indústria, impulsionados pela implementação bem sucedida da nossa estratégia comercial, adaptabilidade do nosso calendário de preços e efeito líquido positivo dos subsídios governamentais no suporte à renda disponível dos consumidores, o que mais do que compensou o impacto do fechamento do on-trade que ainda está em processo de reabertura”, disse a empresa em seu balanço trimestral.

O desempenho das vendas no Brasil foi o melhor entre todas as regiões em que a Ambev atua. Na América Central e no Caribe, o volume diminuiu 9,9%. No sul da América Latina, o volume caiu 0,4%. No Canadá, o volume aumentou 7,1%.

O lucro da cervejaria no período entre julho e setembro ficou em 2,495 bilhões de reais, 2,2% superior ao do terceiro trimestre de 2019. No acumulado do ano, porém, o lucro ainda tem queda de 35,6%, a 5,096 bilhões.

Leia também