Crivella xinga Doria de ‘vagabundo’ e usa termo homofóbico; assista

por Naief Queiroz

Prefeito do Rio de Janeiro e candidato à reeleição, Marcelo Crivella (Republicanos) aparece xingando o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), em um vídeo que viralizou nesta quinta-feira (19) nas redes sociais.

Depois, em nota enviada ao UOL, Crivella pediu desculpas ao tucano, que lamentou o ocorrido.

​Nas imagens, Crivella, em tom exaltado, grita que Doria é “vagabundo” e também usa um termo homofóbico, “viado”, para ofendê-lo. O prefeito estava falando sobre as OS (Organizações Sociais) de saúde.

“Eu entrei na Justiça contra esses vagabundos. Sabe o que eles fizeram? Dei dinheiro para pagar aos funcionários, eles pegaram e pagaram fornecedor, que tinha que pagar dia 10 de dezembro. E faltou dinheiro. Sabe de quem é essa OS? Essa OS é de São Paulo. É do Doria. Viado! Vagabundo!”

De acordo com o jornal O Globo, os xingamentos aconteceram em uma reunião com filiados do Republicanos que disputaram a eleição para vereador.

O evento aconteceu nesta quarta-feira (18), na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Após os gritos de Crivella, os presentes vibram com as ofensas e aplaudem o prefeito.

O vídeo foi publicado no Facebook por Sandro Avelar, presidente da escola de samba Império Serrano. Ele apoia Eduardo Paes (DEM) no segundo turno da disputa pela prefeitura do Rio.

Em pesquisa divulgada pelo Ibope, Paes lidera a disputa pelo segundo turno com 53% das intenções de voto, contra 23% de Crivella.

PEDIDOS DE DESCULPAS

Em nota enviada ao UOL, a campanha de Crivella disse que a manifestação do prefeito foi um “momento de revolta” e pediu desculpas ao governador de São Paulo.

“A fala foi um momento de revolta pela OS reter o salário de médicos e enfermeiros mesmo tendo recebido da prefeitura. Em tempos de pandemia isso pode custar vidas. Marcelo Crivella pede desculpas pelos excessos, e ao governador João Doria.”

Depois Crivella divulgou a mesma mensagem nas redes sociais.

A reportagem também procurou a assessoria de João Doria, que se manifestou pelo Twitter. O governador disse que o prefeito deveria dar exemplo, mas “se apequena” com as ofensas. E apostou que Crivella não conseguirá a reeleição para prefeito.

Leia também