Ex- presidente Lula diz que teve Covid-19 em Cuba e fez quarentena no país

por Naief Queiroz

O ex-presidente Lula (PT) anunciou nesta quinta-feira (21) que foi diagnosticado com Covid-19 em Cuba, durante uma viagem iniciada em 21 de dezembro, mas que já está recuperado da doença.

Segundo um site de notícias do Globo, por meio de nota oficial, Lula afirmou que cumpriu a quarentena no país e que não precisou ser internado.

O ex-presidente afirmou ainda “que decidiu comunicar a doença apenas na chegada ao Brasil para preservar sua família e a dos demais infectados”. Lula voltou a São Paulo na quarta-feira (21).

Além dele, todos os outros membros da sua comitiva tiveram resultado positivo e foram monitorados em Cuba. Apenas o escritor Fernando Morais precisou de internação hospitalar, por complicações pulmonares.

De acordo com o comunicado, Lula chegou à Cuba no final de dezembro para as gravações de um documentário. Ele viajou com sua esposa, a socióloga Rosângela da Silva e outras sete pessoas. Todos se submeteram a exames diagnósticos do tipo RT-PCR no Brasil, antes de viajar; no dia 21 de dezembro.

Nos exames feitos no dia 26, Lula e outros sete integrantes da comitiva tiveram resultados positivos para Covid-19. Apenas uma jornalista que acompanhava o grupo obteve o teste negativo.

No comunicado, Lula agradece a “dedicação dos profissionais de saúde e do sistema de saúde pública cubano” e diz que o médico e ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha, acompanhou a evolução da doença, “em contato direto e diário com os médicos cubanos”.

Leia também