Índia libera exportação da vacina de Oxford para o Brasil nesta sexta

por Naief Queiroz

A Índia liberou a exportação das vacinas de Oxford contra covid-19 e as primeiras remessas serão enviadas para o Brasil nesta sexta-feira (22), segundo o chanceler do país à agência Reuters.

As vacinas desenvolvidas pela farmacêutica AstraZeneca e a universidade de Oxford estão sendo fabricadas no Instituto Serum, onde hoje teve um incêndio e 5 pessoas morreram.

O Brasil já havia acordado 2 milhões de doses da vacina com a Índia, mas o voo que iria buscar as doses foi adiado após o porta-voz da Índia afirmar que estaria cedo demais para negociar.

“O fornecimento das quantidades comercialmente contratadas também começará a partir de amanhã (sexta), começando por Brasil e Marrocos, seguidos de África do Sul e Arábia Saudita”, informou secretário das Relações Exteriores Harsh Vardhan Shringla à Reuters.

Leia também