Mais de 150 médicos demonstram interesse para atuar em Manaus

por Naief Queiroz

O Ministério da Saúde realizou a abertura emergencial de 108 vagas para médicos que tenham interesse de atuar no enfrentamento da Covid-19, em Manaus (AM). Com o chamamento público, a Pasta constatou que mais de 150 profissionais da saúde se candidataram para as vagas ofertadas.

O processo foi realizado por meio do edital nº1/2021 do Programa Mais Médicos. O resultado do chamamento será publicado na próxima segunda-feira (25), e permitirá a ocupação de 100% das vagas.

“Buscamos prover atendimento médico para reforçar a linha de frente em Manaus. Com essa ação, o ministério busca reforçar o trabalho das equipes e ampliar o cuidado à população. Esses profissionais se somam aos demais que já estão em atividade, levando mais atendimento à Manaus. A Atenção Primária é fundamental para conter o agravamento de doenças, não apenas da Covid-19. Toda a rede precisa que esse atendimento seja feito de maneira eficaz”, destacou o secretário de Atenção Primária à Saúde, Raphael Parente.

A estratégia de contratação emergencial amplia o atendimento à população nas unidades de saúde da Atenção Primária e oferece assistência qualificada aos pacientes com sintomas leves de síndrome gripal ou Covid-19. Com mais profissionais, o município terá mais ações e serviços, podendo poderá fortalecer a integralidade na promoção da saúde e a organização dos serviços prestados nas unidades de saúde para a população de Manaus.

PRÓXIMOS PASSOS

Após a divulgação do resultado, os candidatos terão até terça-feira (26/01) para manifestarem interesse em assumir as vagas oferecidas no endereço eletrônico maismedicos.saude.gov.br.

Em seguida, é a vez dos gestores municipais analisarem a documentação necessária e confirmar se os participantes atendem aos requisitos previstos no Edital de chamamento para, assim, efetivarem a contratação dos profissionais.

Somente após a validação da alocação pelo município, atendidos aos demais requisitos previstos no edital, que o médico, estará apto para iniciar as atividades. A partir de 29 de janeiro os médicos atuarão em seus novos postos de trabalho atendendo à população manauara.

Leia também