Médica faz piada após intubar pacientes e gera revolta: “mais um eu peço música no fantástico”

por Naief Queiroz

Uma postagem da médica Leanara Amaro Rocha, da cidade de Guajará-Mirim (RO), revoltou internautas e chegou até o vereador Rivan Eguez (PV), que informou ter levado o caso às autoridades.

Nos Stories do Instagram, a médica , cuja formatura foi antecipada em maio de 2020 devido à necessidade por profissionais diante da pandemia, postou que no mesmo plantão havia intubado dois pacientes . Na sequência, contudo, escreveu: “kakakakka Mais um eu peço música no fantástico”, junto com um emoji de risada. Diante das críticas, Leanara Rocha divulgou uma carta aberta pedindo desculpas à população.Continua após a publicidade

“Peço publicamente desculpas a todos os conterrâneos, familiares, amigos de familiares, conhecidos, aos gestores desse Município, meus colegas de trabalho e aos principais os meus pacientes por uma publicação não pensada, sem teor nenhum de maldade ou sentimentos ruins que foi reproduzida inúmeras e inúmeras vezes com teor totalmente diferente e discrepante do sentimento expressado naquele momento: “Rir pra não chorar”. Jamais e por hipótese nenhuma comemoraria de maneira cruel sobre os péssimos desfechos da Covid-19 “, disse a médica em trecho da carta (colocada na íntegra ao final).

Na terça-feira da última semana, dia 19, o vereador Rivan Eguez manifestou em seu perfil do Facebook “muita revolta e indignação” em razão do post da médica : “de imediato entrei em contato com o Plantão do Ministério Público”.

O vereador disse ter recebido orientação para “cobrar providências” da direção do Hospital Regional, da Secretaria Municipal de Saúde e da Prefeitura. “Solicitei tanto do diretor do hospital quanto do secretário, que tomassem as devidas providências que o caso requer”, acrescentou.

Segundo Eguez, o secretário Rafael Ripke Tadeu Rabelo “se prontificou a fazer as devidas apurações, para verificar a veracidade do fato narrado, assim bem como, de imediato publicar uma ‘Nota de Repúdio’, repudiando esse INFELIZ EPISÓDIO”.

Em nota divulgada no dia 20, a prefeitura de Guajará-Mirim , em nome da prefeita Raissa Bento, afirmou que “não concorda, não compactua e repudia de todas as formas a atitude da Médica”.

De acordo com o comunicado, Leanara Rocha “já havia pedido exoneração” no início deste ano. “E logo depois ficou afastada por problemas de saúde “, informou.

Quanto ao plantão feito pela médica que foi registrado em foto, a prefeitura esclareceu que a profissional “se pronfiicou em ajudar nos atendimentos”, “mesmo estando afastada e assegurada por atestado médico”.

“Diante do acontecido já tomamos todas as medidas cabíveis que estavam ao nosso alcance e dentro da competência do Município. E continuaremos tomando todas as providências para que fatos como este não entrem em uma estatística”, concluiu.

Leia também