Terra recebe “visita” de seis asteroides a partir de hoje; maior mede 310 metros

por Naief Queiroz

A NASA, agência espacial dos EUA, divulgou detalhes sobre os asteroides que irão se aproximar da Terra nos próximos dias. Ao todo, são esperadas ao menos seis “visitas” destes corpos celestes, que têm até 310 metros de diâmetro e passarão a uma distância relativamente pequena do planeta.

Segundo as informações divulgadas pelo Centro de Estudos de Objetos Próximos da Terra (CNEOS na sigla em inglês), o primeiro deles será o 2021 BZ, que tem 40 metros de diâmetro e passará a uma distância de 2,1 milhões de quilômetros da Terra ainda nesta quinta-feira (28).Continua após a publicidade

Para o dia seguinte, são esperadas as visitas do 2021 AG7, com seus quase 100 metros de diâmetro, e do 2021 AF7, que é o menor dos asteroides da lista, com apenas 30 metros de diâmetro. O primeiro passará a uma distância de 4,2 milhões de quilômetros, enquanto o segundo está a 6,8 milhões.

O domingo também promete ser movimentado, com a chegada de outros dois viajantes espaciais: o 2020 TB12, que tem tamanho estimado entre 110 e 240 metros e rota distante da Terra cerca de 2,6 milhões de quilômetros, e o 2016 CL136, o maior dos asteroides identificados pelos cientistas, podendo atingir até 310 metros, mas que também estará distante do nosso planeta (5,3 milhões de quilômetros).

Porém, a Terra viverá o momento de maior risco na próxima terça-feira (2), quando o último dos asteroides deste grupo é esperado. Diferentemente dos outros, o 2020 SO, que tem 17 metros de diâmetro, passará a cerca de 226 mil quilômetros, o que é menor do que a distância até a Lua (384.400), valor utilizado para calcular o trajeto que estes corpos farão.

Apesar da proximidade com o planeta, não há motivo para pânico. Ainda de acordo com os dados divulgados no  CNEOS , nenhuma das rotas identificadas apresenta uma real ameaça à Terra e não há qualquer possibilidade de colisão ou outro problema menor.

Leia também