Connect with us

Amazonas

Vereador denuncia falta de vacinação em hospitais da capital amazonense

A campanha de vacinação na capital amazonense segue causando polêmicas. Após ser iniciada na última terça-feira (19), a imunização da população está suspensa para ser organizada novamente.

Mas, antes da suspensão, chegaram denúncias ao vereador Amom Mandel de que profissionais da linha de frente não estariam tendo a prioridade divulgada anteriormente.

Ao GRUPO DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO (GDC), o vereador afirmou que a prefeitura está não está realizando o trabalho necessário. “A prefeitura está omissa nessa questão. Já protocolei um ofício na noite de terça-feira e ainda não houve um posicionamento. A casa civil já protocolou o pedido mas, aparentemente, a pauta não é importante a prefeitura”, declarou o vereador.

Acerca das denúncias, Amom afirmou que as mesmas se confirmam através de relato dos profissionais. “A Maternidade Ana Braga já denunciou, em nota, que as vacinas foram desviadas no meio do caminho. Além disso, médicos fizeram as denúncias da falta de vacinas na capital, que foram relatadas por mim nas redes sociais”, finalizou ele.

Em rede social, o vereador começou a tratar sobre o tema, informando as ações. “Lista de hospitais que, segundo denúncias, não estão recebendo a vacina: Dona Lindu, FCECOM, Francisca Mendes e todos os hospitais particulares. Os médicos atuam na linha de frente e precisam ser vacinados. Vamos apurar essas denúncias, @DavidAlmeidaAM? Vou ajudar no que puder”, postou o vereador.

O presidente do Sindicato dos Médicos, Dr. Mário Vianna, também se posicionou acerca do tema, em vídeo. “São inúmeras queixas que tenho recebido de colegas de unidades de saúde de que a vacina não chegou lá, além de que eles estariam na lista inicial de vacinação e foram retirados, com as explicações que recebo das autoridades não convencendo”, disse o presidente.

Fonte: D24am.

Advertisement
Advertisement
Advertisement

Leia Também

Copyright © 2021 Observatório Manaus - Desde 2012