Gentili arrega após pedido de prisão: “Quem me segue sabe que sempre defendi as instituições”

por Naief Queiroz

Uma ação movida pelo procurador parlamentar da Câmara, o deputado Luis Tibé (Avante-MG), no STF (Supremo Tribunal Federal) pede à Corte a prisão do apresentador do SBT Danilo Gentili, que sugeriu que a população “entrasse” no Congresso “e socasse todo deputado” por causa da PEC de imunidade parlamentar.

Normalmente defensor irrestrito da liberdade de expressão, e ex-apoiador de Bolsonaro, Gentili dessa vez recuou no tom contundente de seus tuítes.

“Eu fiz um tuíte que foi alvo de justas críticas por alguns deputados. Quem me segue sabe que sempre defendi as instituições. Aliás, minha briga com bolsonaristas foi justamente pelo fato de eu ser contrário aos pedidos criminosos de fechamento do STF e do Congresso”.

Pois é.

Leia também