Globo quer Huck no lugar de Faustão e fora da política, diz colunista

por Naief Queiroz

Luciano Huck está sendo pressionado pela Globo a adiar sua entrada no mundo político. A emissora e seus executivos – incluindo a família Marinho – entende que uma eventual candidatura do apresentador seria prejudicial e que, em 2022, ele poderia assumir a vaga de Fausto Silva. A informação é de Daniel Casto, do Notícias da TV.

Como o Metrópoles já mostrou, Huck é tido como uma espécie de “substituto natural” de Faustão. Porém, caso o apresentador vá mesmo para a política, Fábio Porchat é o nome trabalhado pela Globo.

Luciano Huck não esconde o seu projeto de poder. O apresentador e empresário tem o desejo de disputar a Presidência da República, contando, inclusive, com o apoio de nomes graúdos da política. No entanto, ele tem sido aconselhado por nomes do mercado e do entretenimento a adiar o projeto.

A Globo, por exemplo, de acordo com reportagem do Notícias da TV, teme ficar com a imagem arranhada caso Huck perca para o atual presidente, Jair Bolsonaro (sem partido). Na hipótese de uma vitória do apresentador, a emissora entende que ficaria ligada a ele, como se o chefe do Executivo fosse da Globo.

Além disso, a emissora entende que Luciano Huck seria uma “vitória garantida” na manutenção do domingo à tarde e ainda abriria espaço para novos apresentadores no horário de sábado.

Leia também