Quatro pacientes transferidos de Rondônia para tratamento da Covid-19 no Amazonas recebem alta

por Naief Queiroz

Mais quatro pacientes que tinham sido transferidos de Rondônia para o Amazonas para tratamento da Covid-19 receberam alta do Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Delphina Aziz, em Manaus, nesta quarta-feira (24). Após serem liberados, eles já retornaram para a cidade de Porto Velho durante a noite. Já são cinco pacientes recuperados da doença após receber tratamento no estado.

A transferência dos pacientes faz parte da Operação Gratidão, que teve início no dia 5 de março. Segundo o Governo do Estado, receber esses pacientes é uma forma de retribuir a ajuda recebida de outros estados na segunda onda de Covid no Amazonas.

Os pacientes receberam alta por volta das 16h e foram acolhidos sob fortes aplausos pelos profissionais de saúde, que atuam nos setores onde cada um deles esteve internado.

Após seis dias de internação, Messias Agostinho, de 57 anos, destaca a felicidade de se recuperar da doença no Amazonas, sem esquecer dos conterrâneos que ainda enfrentam dificuldades.

“Olha, é uma emoção muito grande, porque muitos do meu município, do meu estado, não tiveram esse tratamento que estamos tendo aqui. Eu estou convicto que as coisas vão mudar com esse abraço que o Amazonas tem dado para Rondônia”, disse.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Aos 60 anos, Antônia de Oliveira celebra o retorno a Porto Velho com a saúde restabelecida. A idosa foi transferida para o Amazonas no dia 20 de março, após dificuldade de obter um leito para realizar o tratamento em sua cidade natal. Otimista por dias melhores, ela agradece a nova chance e diz que pretende espalhar o amor como forma de retribuir.

“Vamos amar uns aos outros, isso é só o que eu quero, porque com o amor o mundo será diferente, essa é a palavra. O amor construí tudo. Eu só tenho a agradecer a Deus, porque Deus colocou realmente verdadeiros anjos na minha vida”, afirmou.

Retorno

Três dos quatro pacientes do grupo embarcaram para Porto Velho por volta das 18h30, no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes. O quarto paciente optou por retornar por conta própria ao lado dos familiares, que vieram até Manaus para acompanhá-lo.

Pacientes que tiveram alta já retornaram para Rondônia na noite de quarta-feira (24). — Foto: Divulgação/Secom

Pacientes que tiveram alta já retornaram para Rondônia na noite de quarta-feira (24). — Foto: Divulgação/Secom

De acordo com o Governo do Amazonas, o procedimento de retorno foi acompanhado por uma equipe do Fundo de Promoção e Erradicação da Pobreza (FPS), que realizou os trâmites para o embarque, além do apoio psicossocial e da entrega de kits comemorativos com itens amazônicos.

Amazonas recebe pacientes de outros estados

Amazonas começou a receber pacientes com Covid-19 vindos de outros estados no dia 5 de março. Eles fazem tratamento no Hospital Delphina Aziz, na Zona Norte de Manaus.

A chegada dos pacientes de outros estados, segundo o governo, faz parte da operação Gratidão, para retribuir a ajuda recebida de outros estados na segunda onda de Covid no Amazonas, quando os hospitais ficaram sem oxigênio e pacientes tiveram de ser transferidos a outras localidades.

No dia 18 de março, o Governo anunciou, ainda, uma nova fase da operação, com o envio de 200 cilindros de oxigênio para o estado do Paraná. Além disso, Estado emprestou, também na sexta-feira (19), 50 concentradores de oxigênio e devolveu uma miniusina de oxigênio para Rondônia.

Leia também