Após aglomerações, bares e restaurantes serão fechados em Manaus

por Naief Queiroz

Bares e restaurantes localizados no entorno da praça do Caranguejo, Conjunto Eldorado, no bairro Parque 10, zona centro-sul de Manaus, serão fechado  por 15 dias após descumprirem o decreto governamental com medidas para contenção da Covid-19. Nos vídeos que viralizaram nas redes sociais no último sábado(10), foram observadas diversas irregularidades sanitárias estabelecimento, como o desrespeito com as normas de distanciamento social, a falta de uso de máscaras pelos presentes, dentre outras infrações.

(Foto: Divulgação)

A fiscalização será feita pela polícia, que deverá ir ainda nesta segunda-feira(12) para interditar os estabelecimentos da área.

“A partir de hoje, bares e restaurantes do Eldorado estão fechados por 15 dias. A polícia está indo lá no final do dia, para interditar todos aqueles bares e restaurantes. Só voltarão a funcionar quando apresentarem um plano de distanciamento social respeitando todos os protocolos sanitários. Não é justo que a nossa população continue sendo penalizada pela ação irresponsável de alguns. E não é justo que aqueles estabelecimentos comerciais, que aqueles restaurantes, sejam penalizados por conta da negligência de alguns”, disse o governador Wilson Lima, durante uma live na manhã desta segunda-feira.

Ele informou ainda que, além do fechamento dos estabelecimentos, os proprietários também seão multados. “Quando a gente apenas multa, o dono do local paga a multa e no outro dia reabre cometendo as mesmas irregularidades”, denunciou ele.

Entre a sexta-feira (09) e o sábado (10),  foram fechados 15 estabelecimentos, entre bares e festas clandestinas, em Manaus, identificados descumprindo o decreto governamental com medidas para contenção da Covid-19. A maioria dos fechamentos ocorreu na Praça do Eldorado, onde há cerca de seis bares e havia muita aglomeração.

Delações referentes a estabelecimentos comerciais ou festas clandestinas, que descumprem decreto governamental ou apresentem outras irregularidades, podem ser feitas ao 190 ou ao 181, o disque-denúncia da SSP-AM.

Fonte: D24am.

Leia também