Balneários e flutuantes são fechados por descumprimento do decreto estadual

por Naief Queiroz

Três balneários e um flutuante foram fechados na tarde deste domingo (04) durante ação da Central Integrada de Fiscalização (CIF). Três dos nove locais vistoriados receberam orientações por parte dos agentes. Os quatro estabelecimentos fechados também foram autuados pelos órgãos fiscalizadores.

Fotos: Divulgação/SSP-AM

Na Praia da Lua, a barraca Valdemar Marques, o restaurante da Vovó Helena e a barraca da Loura foram fechados e autuados pela Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus). O flutuante SUP Amazonas também foi fechado, sendo notificado pela Marinha do Brasil. Nas quatro situações, os agentes encontraram aglomerações, presença de banhistas e atendimento em mesas.

Responsável pela CIF fluvial deste domingo, o major Alisson Botelho reforçou os canais de comunicação por meio dos quais a população pode fazer denúncias. “O nosso 190, que é o principal telefone de contato para passar essas informações, como também através do e-mail, em Manaus, para a Visa. O e-mail é visamanaus.covid19@gmail.com”, enfatizou o major.

Coordenada pela SSP-AM, a CIF vistoria e orienta estabelecimentos na capital quanto ao decreto governamental. Participaram da CIF fluvial deste domingo as polícias Militar e Civil, Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), Visa Manaus e Marinha do Brasil.

Fonte: D24am.

Leia também