Connect with us

Destaques

CPI do Senado convoca ex-secretário para falar sobre compra de ventiladores pulmonares

O cerco começa a se fechar em volta do chefe do Estado do Amazonas, Wilson Lima, denunciado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) por crimes cometidos na compra superfaturada dos ventiladores pulmonares em uma loja de vinhos, no bairro Vieiralves, zona centro-sul de Manaus. O ex-secretário de Estado de Saúde (SES-AM), flagrado em troca de mensagens com o governador, durante as investigações da Polícia Federal, foi convocado pela CPI da Pandemia do Senado Federal. Segundo a PGR, Wilson Lima aparece como o “autor do planejamento que resultou na contratação da Vineria Adega”.

Ex-secretário
No dia 29 de abril, esta coluna mostrou a troca de mensagens obtidas em quebra de sigilo telefônico pela Polícia Federal (PF), entre o ex-secretário executivo de saúde do Amazonas, João Paulo Marques e o governador Wilson Lima, nas investigações que apura as irregularidades no processo de licitação para compra dos ventiladores pulmonares pelo Governo do Amazonas para o tratamento de pacientes infectados por Covid-19. Wilson Lima e mais 17 pessoas foram denunciados pela PGR ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Mensagens
O ex-secretário executivo de saúde trocou mensagens com o governador Wilson Lima sobre o processo de licitação para a compra dos ventiladores onde “manteve diálogos com o ex-secretário executivo de estado de Saúde, João Paulo Marques, com o objetivo de supervisionar a montagem do processo de compra dos ventiladores em documento”, consta. O objetivo da conversa era justificar a compra ao processo do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Convocação
Durante os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, do Senado Federal em Brasília, os membros da comissão aprovaram o requerimento que solicita a convocação do ex-secretário. O dia do depoimento para que João Paulo possa falar sobre a troca de mensagens com o governador Wilson Lima a respeito do processo de licitação dos ventiladores pulmonares, ainda será agendada. Outro requerimento também foi aprovado pela CPI, onde pede a convocação do atual secretário de saúde da SES-AM, Marcellus Câmpelo que deve ser inquirido na próxima semana.

TCE
Ficou claro para a PGR que o ex-secretário Joao Paulo Marque foi supervisionado pelo próprio governador Wilson Lima com o intuito de “embaraçar as investigações de infração penal que envolve organização criminosa, notadamente a aquisição superfaturada de respiradores pela Fjap e Cia, assim como processos sobre contratações no Hospital Nilton Lins”, cita.

Conversa
Incomodado com a prestação de contas ao TCE, o governador Wilson Lima conversa com o ex-secretário sobre a montagem do processo de aquisição dos ventiladores. O governador diz “No aguardo dos doc”, João responde “Ok. Correndo atrás aqui, governador. Vamos responder todos. Alguns pedindo mais prazo por conta dos documentos não estarem prontos pra apresentação aos órgãos”. Lima questiona “Documentos foram encaminhados ao TCE?”, João esclarece “Ainda não doutor. Pegando assinatura dos gestores. Estou retirando os documentos dela que são possíveis e assinando no lugar dela”, diz. Wilson sugere “Ítalo não pode assinar não”, João responde “Mas a resposta é por e-mail, governador. Irei mandar tudo hoje. Não pode”, Wilson diz “Ok”.

Fonte: D24am.

Advertisement
Advertisement
Advertisement

Leia Também

Copyright © 2021 Observatório Manaus - Desde 2012