Connect with us

Brasil

Homem tenta matar vereador para dar vaga a suplente

A Polícia Civil prendeu um homem de 50 anos, suspeito de tentar matar um vereador na cidade de Água Boa, a 380 km de Belo Horizonte. Ele foi detido na cidade vizinha de Santa Maria do Suaçuí, distante 25 km do local. A Justiça aceitou a prisão temporária do suspeito, que também foi alvo de mandados de busca e apreensão.

Homem tenta matar vereador para dar vaga a suplente. (Foto: Reprodução/TSE)

De acordo com as investigações, a motivação para o assassinato teria sido política. O suspeito é servidor público concursado da Prefeitura de Água Boa e estaria oferecendo a morte de vereadores eleitos para os suplentes, vinculado a pagamento de altas quantias.

A vítima é o vereador Anaximandro Rodrigues da Silva (MDB), conhecido como Marquim da Zica, que disputou as eleições de 2020 pelo partido Republicanos e foi eleito com 201 votos.

Tentativa de homicídio

De acordo com boletim de ocorrência, a tentativa de assassinato aconteceu em 24 de março. O vereador anunciou a venda de uma casa nas redes sociais e o suspeito se mostrou interessado. Ambos marcaram um visita ao local, no bairro Vila Nova Esperança, em Água Boa. Segundo relato da vítima, o suspeito foi até a sua casa e o agrediu com golpes de bastão na cabeça.

O suspeito foi até a sua casa e o agrediu com golpes de bastão na cabeça. (Foto: Pixabay)

Na sequência, os dois entraram em luta corporal e a vítima conseguiu retirar a arma da mão do agressor, que ainda tentou enforcá-lo com as mãos.

Segundo o relato da vítima aos policiais, o suspeito se mostrou arrependido ao ver o sangue que saía da cabeça da vítima e o levou a um hospital da cidade. O agressor ficou ao lado da vítima durante todo o atendimento e, temendo pela sua segurança, o vereador não quis chamar a polícia naquele momento.

Investigação

A Polícia Civil, que já monitorava o suspeito, pediu à Justiça autorização para prender o homem e cumprir mandados de busca e apreensão, que podem colaborar com as investigações. A ação policial que resultou na prisão do homem contou com apoio da Polícia Militar.

Segundo a PC, o suspeito foi ouvido e, depois, encaminhado ao sistema prisional. As investigações correm sob sigilo na delegacia de Polícia Civil em Água Boa.

Advertisement
Advertisement
Advertisement

Leia Também

Copyright © 2021 Observatório Manaus - Desde 2012