Connect with us

Destaques

Em Boa Vista do Ramos, prefeito gasta mais de R$ 2,6 mi em contratos durante maior cheia histórica

Há mais de 209 km da capital, o município de Boa Vista do Ramos vem despertando a atenção pelo volume de contratos e itens adquiridos. Em apenas três homologações, o prefeito gastou mais de R$ 2,6 milhões, enquanto o interior do Amazonas sofre com a maior cheia histórica dos últimos 119 anos. Na capital amazonense, por conta do nível do Rio Negro em 30,02 cm, a Defesa Civil construiu mais de 13 mil metros de pontes e passarelas em 21 bairros, atingidos pela subida das águas. Será que neste momento é necessário gasto com locação de equipamentos?

Odontológico
No último dia 10 de junho, foi publicado no Diário Oficial dos Municípios do Amazonas (DOM-AM), o processo licitatório da Prefeitura de Boa Vista do Ramos para contratação de empresa para fornecer materiais odontológicos. Segundo a publicação assinada pelo prefeito Eraldo Trindade da Silva, o Executivo Municipal vai gastar mais de R$ 808 mil.

Licitação
De acordo com Pregão Presencial nº 020/2021, a empresa Figueiro Comércio de Máquina e Equipamento Odontomédico Hospitalar, com sede no bairro Alvorada em Manaus, vai receber o montante para fornecer materiais de consumo de laboratório, reagentes para testes específicos de hematologia (hemogramas), bioquímica, gasometria/eletrólitos e hormônios a fim de atenderem a demanda da Secretaria Municipal de Saúde.

Tecnologia
No mesmo dia, o prefeito de Boa Vista do Ramos também publicou o processo licitatório, Pregão Presencial nº 025/2021, que teve como vencedora a empresa C. C. N. de Sena Tecnologia da Amazônia, localizada no bairro São Francisco em Manaus. Pelo valor superior a R$ 694 mil, a empresa foi contratada para “futura e eventual locação de equipamentos e utensílios para processamento de dados em regime de comodato visando suprir as necessidades do complexo administrativo da Prefeitura de Boa Vista do Ramos”, cita a publicação.

Utensílios
Na mesma página, localizamos outra publicação de grande valor. A Prefeitura de Boa Visto do Ramos publicou a homologação do Pregão Presencial nº 024/2021, em favor de duas empresas vencedoras, no valor global de R$ 1.196.038,60, tendo por objeto a contratação de pessoa jurídica para futura e eventual aquisição de materiais, utensílios e insumos para processamento de dados visando suprir as necessidades do complexo administrativo da Prefeitura.

Pregão
A mesma empresa que ganhou o Pregão Eletrônico nº 025/2021, no valor de R$ 694 mil, a C C N de Sena Tecnologia da Amazônia, foi uma das ganhadoras do Pregão Presencial nº 024/2021, recebendo o montante de R$ 760 mil. A outra que venceu a mesma licitação, foi a M A Maciel de Castro Eireli, que faturou o valor de R$ 435 mil. A empresa está localizada no bairro Espírito Santo, no município de Coari.

Prioridades
Enquanto a Prefeitura de Boa Vista do Ramos gasta mais de R$ 2,6 milhões. Neste ano, o Amazonas sofre com a maior cheia histórica desde o início dos registro em 1902. Na última quarta-feira (16), após permanecer estável nos 30 metros por nove dias, o nível do Rio Negro voltou a subir em Manaus e chegou aos 30,02 metros.

Fonte: D24am.

Advertisement
Advertisement
Advertisement

Leia Também

Copyright © 2021 Observatório Manaus - Desde 2012