Connect with us

Brasil

Bolsonaro chama Omar, presidente da CPI da Covid de “anta amazônica”

O presidente Bolsonaro (sem partido) em conversa com apoiadores no cercadinho em frente ao Palácio do Planalto chamou o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI da Covid), Omar Aziz, instaurada para investigar desvios e irregularidades na condução da pandemia no País de “anta amazônica”. 

A ofensa foi dita após o presidente dizer que na época em que era chamado de negacionista por ter cautela ao adquirir vacinas, o senador Omar e o deputado Renildo Calheiros (MDB-AL), irmão do relator da CPI, Renan Calheiros, apresentavam uma emenda a uma medida provisória para viabilizar a compra dos imunizantes sem licitação e aprovação pela Anvisa.

Além de mencionar o senador Omar Aziz (PSD-AM), também citou o vice na CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), o relator Renan Calheiros (MDB-AL) e Aziz como “três otários” e “três patetas”. 

Sobre o deputado federal Marcelo Ramos, vice-presidente da Câmara dos Deputados, disparou “insignificante”, comentando sobre a aprovação da LDO ocorrida na última quinta-feira, (15) com o aumento do Fundo Eleitoral de R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões. 

“É tão insignificante que eu esqueci o nome dele, Marcelo Ramos. Ele atropelou o regimento e não deixou votar (o destaque). Agora cai pra mim sancionar ou vetar. Tenho 15 dias úteis para decidir”, disse o presidente da República.

Advertisement
Advertisement
Advertisement

Leia Também

Copyright © 2021 Observatório Manaus - Desde 2012