Connect with us

Manchete

Governo perde controle da segurança e facções cancelam shows nacionais em Manaus

Na última quinta-feira (09), iniciou uma série de ataques na capital amazonense das organizações criminosas contra artistas. Em 24 horas, cantor e amigo foram mortos suspeitos de envolvimento com o tráfico.

O cantor de forró Romário mais conhecido como o Bruxo do Amazonas foi morto com pelo menos cinco tiros enquanto saia de uma festa no bairro Redenção. Durante o velório, o influencer Marco Paiva de Menezes era amigo do cantor e foi assassinado a tiros.

Após ameaças de mais ataques realizado pela facções criminosas, a casa de show responsável pela contratação de MC Poze do Rodo finalmente decidiu se posicionar contra os ataques da facção caso o cantor aparecesse para se apresentar na cidade. “Tendo em vista a segurança e a integridade do nosso púbico, assim como a população e o artista em si”, consta.

A assessoria do funkeiro cancelou o show em Manaus marcado para outubro. As ameaças atingem outras agendas de artistas nacionais, retratando a falta de segurança pública no Amazonas. Em junho, as organizações criminosas realizaram diversos ataques em retaliação à polícia, queimando ônibus, agência bancárias e prédios públicos.

Advertisement
Advertisement
Advertisement

Leia Também

Copyright © 2021 Observatório Manaus - Desde 2012