Connect with us

Destaques

Mulher de dono de supermercado desviou dinheiro para o amante, diz polícia

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) realizou uma coletiva de imprensa, na manhã desta terça-feira (21), para falar sobre o cumprimento de mandados de busca e apreensão e prisão dos envolvidos na morte do sargento da Força Aérea Brasileira (FAB) Lucas Guimarães. Os mandados estão em nome de Joabson Agostinho Gomes e Jordana Azevedo Freire, proprietários dos supermercados Vitória, que estão foragidos.

De acordo com as investigações da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Joabson é o suposto mandante do assassinato do militar. Segundo a delegada Marna de Miranda, o caso é caracterizado como crime passional.

Jordana e Joabson, donos dos supermercados Vitória, estão foragidos (Foto: Divulgação / PC-AM)

Relacionamento extraconjugal
Conforme as investigações, Lucas Guimarães tinha um relacionamento extraconjugal com Jordana Freire, mulher do empresário Joabson Gomes, dono da rede de supermercados Vitória. Joabson descobriu a traição através do celular da mulher. Além disso, ele também descobriu que Jordana desviou a quantia de R$ 200 mil do supermercado para o sargento.

Após descobrir a traição e o desvio do dinheiro, Joabson passou a ameaçar Lucas. Devido as ameaças, no dia 19 de julho, Lucas devolveu a quantia repassada pela amante a um funcionário do supermercado. Jordana era agredida fisicamente pelo marido por conta da traição.

O mandado de prisão temporária para Jordana Freire foi expedido pelo fato dela não ter registrado Boletim de Ocorrência (BO) contra o marido. Conforme a polícia, mesmo após a traição, ela continuou com o marido, mas passou a ser agredida por ele.

Policiais civis conseguiram cumprir mandados de busca e apreensão em algumas unidades da rede de supermercados. Durante a operação, foram apreendidas uma arma de fogo na unidade da Avenida Torquato Tapajós, zona centro-sul, e munições na unidade do Coroado, zona leste. De acordo com a delegada Marna, há um forte indício de quebra de sigilo da operação, o que levou o casal a fugir.

Serviços gráficos
Ainda conforme as investigações, o sargento Lucas Guimarães prestava serviços gráficos ao empresário Joabson Gomes. Devido ao temperamento do empresário, os dois tiveram um desentendimento.

Após o conflito, Jordana passou a realizar os negócios da empresa com Lucas. Eles se conheceram em dezembro de 2020, e desde então passaram a vivenciar o relacionamento extraconjugal.

Relembre o caso
O sargento da FAB Lucas Guimarães foi assassinado a queima-roupa dentro da cafeteria da qual era proprietário. O crime foi registrado por câmeras de segurança do estabelecimento. Na ação criminosa, um homem chegou à cafeteria em uma motocicleta, e, após observar a movimentação, entrou no local. Em seguida, ele se dirigiu até Lucas e efetuou os disparos. A vítima foi alvejada com três tiros na cabeça. O suspeito fugiu.

Fonte: D24am.

Advertisement
Advertisement
Advertisement

Leia Também

Copyright © 2021 Observatório Manaus - Desde 2012