Connect with us

Amazonas

Homem é preso suspeito de assassinar e esconder corpo de líder religioso em Iranduba

Edson Silva dos Santos, 22, foi preso na manhã desta quinta-feira (14) suspeito de matar o líder religioso Minegildo Gaspar, 63. O crime aconteceu no dia 30 de junho deste ano na comunidade de Nova Canaã no município de Iranduba. A prisão foi realizada pela Delegacia de Iranduba.

O suspeito confessou que cometeu o crime devido ao pastor repreendê-lo durante os cultos, pois o suspeito teria o costume de cometer furtos (Foto: Divulgação)

O suspeito já havia sido preso em agosto em mandado de prisão temporária. Após ter sido liberado, o mandado de prisão preventiva foi expedido, entretanto o suspeito já havia fugido para Iranduba. A equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) foi informada que o suspeito estava em Iranduba, segundo o delegado adjunto da especializada, Márcio André

“A equipe recebeu a informação de que esse indivíduo estava circulando no município de Iranduba. A equipe se deslocou até Iranduba e efetuou a captura dele em mandado de prisão preventiva. Ainda na primeira vez que ele foi preso, em mandado de prisão temporária ele confessou o crime”, afirmou.

O suspeito informou à equipe policial que cometeu o crime devido ao pastor repreendê-lo durante os cultos, pois o suspeito teria o costume de cometer furtos e vender dentro da comunidade. O crime aconteceu no dia 30 de junho de 2021, ocasião em que o suspeito procurou o líder religioso e durante uma discussão desferiu vários golpes de terçado e depois jogou o corpo em um buraco.

“Ele foi ao encontro desse líder religioso e lá tiveram uma discussão e posteriormente esse indivíduo utilizou um pedaço de pau e um terçado, desferindo vários golpes na região do rosto, dos braços, das pernas, o que ocasionou a morte desse líder religioso”, disse o delegado.

O homem foi encaminhado até a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) em Manaus, para os procedimentos cabíveis.

Fonte: D24am.

Advertisement
Advertisement
Advertisement

Leia Também

Copyright © 2021 Observatório Manaus - Desde 2012