Connect with us

Manchete

Vereador acredita que existe uma “máfia” dentro da Seminf e que secretário pode ser conivente

O Portal do Alex Braga recebeu uma denúncia anônima que revelou um possível esquema de corrupção instalado dentro da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) da Prefeitura de Manaus. A reportagem conversou com o vereador Rodrigo Guedes que revelou acreditar na existência de uma “mafia” na secretaria.

Em setembro, uma denúncia expôs o “Organograma da Corrupção” e também, informações de desvio de materiais e até furtos do próprio pátio da Seminf, pasta comandada pelo vice-prefeito de Manaus, Marcos Rotta.

Vice-prefeito e secretário da Seminf, Marcos Rotta

A fonte denunciou que o material fornecido pela empresa O G Comércio à Seminf, sendo ferro, por R$ 1,5 milhão, foi furtado do pátio da secretaria. Em nota, a secretaria informou que “tem prestado todo o suporte necessário à PC desde o início das investigações, tendo a própria secretaria buscado o apoio para acabar com esse tipo de prática. Para evitar novos incidentes, a Seminf intensificou a fiscalização e controle sobre o asfalto, que é acompanhado por fiscais desde a usina até a aplicação nas ruas de Manaus”.

A reportagem do Portal Alex Braga conversou com o vereador de Manaus, Rodrigo Guedes (PSC) que comentou sobre o caso e declarou que acredita que a Seminf necessita de mais transparência com a instalação da Controladoria e Ouvidoria.

Vereador Rodrigo Guedes na Câmara Municipal de Manaus

Recentemente o Portal Alex Braga denunciou os contratos suspeitos firmados pela Seminf. Diante disso, o vereador pretende convocar o secretário para falar desses indícios de corrupção?
Rodrigo Guedes – Acredito que essa é uma possibilidade que não está descartada. Sei que existe há décadas máfias dentro da Seminf que continuam atuando, mas se o Vice Prefeito e Secretário da Seminf não for, ele mesmo, aos órgãos de controle e Polícias, significa que está sendo conivente!

Foi denunciado à reportagem que uma grande quantidade de ferro foi furtado do pátio da Seminf. O mesmo é de um contrato de R$ 1,5 milhão. Os vereadores estão cientes do ocorrido?
R.G – Não estava ciente dessa situação.

A reportagem do Portal Alex Braga entrou em contato com a Seminf que respondeu que existe uma investigação para apurar o furto do material no pátio. Sendo assim, não deveria a pasta adotar medidas contra o furto?
R.G – Sim, a pasta deve tomar medidas imediatas, como abertura de sindicância e processo administrativo disciplinar. Além disso, a Seminf precisa urgentemente instituir uma Controladoria e Ouvidoria. Além disso, seria ideal contratar uma auditoria externa ou formalizar um pedido de auditoria especial do TCE.

Recentemente, divulgamos um contrato de R$ 5 milhões para a compra de materiais como tábuas e ripas. O parlamento está ciente dessa grande quantidade de material e contratos firmados?
R.G – Eu não estava ciente. Tenho que ver qual a finalidade. Se é para uma possível prevenção de uma enchente no ano que vem ou para pontes fixas nos bairros. O valor chama atenção. Mas isso não é por si só o pior, se for investido corretamente não há problemas, mas como tudo na Seminf já paira uma suspeita isso precisa ser acompanhado na Lupa.

O vereador acredita na existência de uma máfia dentro da Seminf?
R.G – Acredito que haja sim! Só precisamos saber qual o grau de envolvimento das autoridades políticas e dos cargos de direção da Secretaria. Sugiro ao Vice Prefeito, se não quiser que paire sobre si a suspeita que aja de forma enérgica, transparente e efetiva.

Advertisement
Advertisement
Advertisement

Leia Também

Copyright © 2021 Observatório Manaus - Desde 2012