Connect with us

Brasil

Vídeo: Bebê entra em piscina sozinha e é salva pelo pai após irmão pedir ajuda

O vídeo de uma bebê entrando em uma piscina sozinha viralizou nas redes sociais nesta semana. Nas imagens é possível ver Bella Araújo Alves, de 1 ano e quatro meses, aproximando-se da água e entrando logo em seguida. Na sequência, o irmão da menina percebe a situação e chama pelo pai que corre para salvá-la. O incidente aconteceu no dia 12 de setembro, em Matrinchã (GO).

No vídeo, é possível ver que o pai, Cleyton Alves Pinto, de 38 anos, estava em uma rede de costas para a entrada da área da piscina. Após salvar a menina, o pai ficou sem reação. “Ele assoprou o rosto da Bella, mas ela não bebeu água, ou se bebeu, foi muito pouca. Ela ficou bem, não teve nada”, contou Karlla Lohara Araujo Sousa, de 28 anos, ao G1.

De acordo com a mãe, a família estava reunida na piscina, mas, em determinado momento, começou a ventar muito forte e o filho mais velho, Miguel Araújo Alves Azevedo, de 5 anos, decidiu sair da água. “Na hora que começou a ventar, meu filho ficou com medo e saiu. Logo depois, começou a chover muito forte e meu esposo também saiu com a Bella e a me entregou para trocá-la no quarto”, contou.

Enquanto trocava a filha, o marido deitou na rede para esperar a chuva passar para, em seguida, poder colocar a lona de proteção na piscina. No entanto, após ter a roupa trocada, a filha do casal foi para a área de lazer, momento em que entrou na água.

“Aqui tem uma porta de vidro que dá acesso à área de lazer. Ela estava fechada, mas o Miguel passou e acabou deixando aberta, por isso ela foi. O pai achou que a Bella ainda estava comigo no quarto”, explicou Karlla.

Conforme a mãe, ela postou o vídeo com a intenção de alertar outros pais do perigo de crianças com piscina em casa. “Eu só queria alertar. Acidentes acontecem o tempo todo e muitos podem ser evitados. A gente toma o maior cuidado, mas as coisas acontecem em segundos”, disse ao G1.

Advertisement
Advertisement
Advertisement

Leia Também

Copyright © 2021 Observatório Manaus - Desde 2012