Connect with us

Manchete

Polêmica entre Omar Aziz e Arthur Virgílio vira ação penal

A queixa-crime apresentada pelo senador Omar Aziz contra o ex-prefeito de Manaus Arthur Neto por calúnia e difamação foi recebida pelo juiz Renato Coelho Borelli da 15ª Vara Federal. O caso aconteceu por causa de uma carta aberta publicada nas redes sociais do ex-prefeito.

Após troca de farpas, nas redes sociais, Arthur publicou uma carta aberta em que descrevia o perfil do senador. “Uma vida permeada pelo cometimento de crimes. Foi esse o papel que ele foi fazer na CPI”. O ex-prefeito ainda afirmou que Omar só foi livrado da CPI da Pedofilia por causa se sua intervenção. “Minha não interferência seria sua morte política, uma dura condenação penal e a desmoralização completa”, cita um dos trechos.

De acordo com o juiz, com a queixa-crime aceita, a denúncia se transforma em ação penal. O ex-prefeito tem o prazo de dez dias para se manifestar e apresentar a defesa.

Advertisement
Advertisement
Advertisement

Leia Também

Copyright © 2021 Observatório Manaus - Desde 2012