Connect with us

Amazonas

Após 11 dias, bombeiros encerram buscas por menino em mata no AM

 Após 11 dias de atuação das equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBM-AM), em uma área de mata do município de Manacapuru, a 68 quilômetros da capital, as buscas pelo pequeno Gabriel Souza Chaves, de 11 anos, foram encerradas nesta quarta-feira (1°). A informação foi repassada pela assessoria do órgão. Até o momento, a criança não foi localizada. 

Michele dos Santos Souza, de 23 anos, e Francisco Delfim Teles Chaves, de 54 anos, mãe e padrasto do pequeno Gabriel Souza Chaves, de 11 anos, foram presos preventivamente na terça-feira (30), por pontos “obscuros” nas investigações a respeito do desparecimento do garoto, visto pela última vez  no dia 19 de novembro. O menino teria desaparecido em uma área de mata, após correr para não apanhar do padrasto. 

Uma verdadeira força tarefa entre equipes de bombeiros, policiais militares, civis e comunitários foi realizada desde o desaparecimento para localizar o menino. Nada além de rastros supostamente da criança foi encontrado nas buscas realizadas na comunidade Lago do Jacaré.

As investigações acerca do caso estão em andamento e mais informações não foram repassadas pela polícia. O padrasto e a mãe do menino permanecem presos mediante a mandado de prisão temporária. 

O caso é acompanhado pela Polícia Civil e pelo Ministério Público do Estado do Amazonas. A família alega que a criança possui deficiência mental, mas não há comprovação médica. Informes colhidos durante interrogatório com comunitários, apontam que o menino sofria agressões físicas por parte de seu padrasto.

Advertisement
Advertisement
Advertisement

Leia Também

Copyright © 2021 Observatório Manaus - Desde 2012