Connect with us

Amazonas

Candidato a Prefeitura de Coari, Robson Tiradentes recebeu visita da PF que investiga denúncia de compra de voto

Nesta sexta-feira (3), a Polícia Federal (PF) esteve na casa do candidato a prefeito de Coari, Robson Tiradentes, para cumprir mandado de busca e apreensão, com o objetivo de investigar uma denúncia anônima de compra de votos. A eleição suplementar para eleger o novo prefeito e vice-prefeito será neste domingo (5).

Print de conversas por aplicativos de mensagem começaram a circulam com a informação de o advogado Advan, ligado a Robson Tiradentes, estaria distribuindo dinheiro para compra de votos.

As negociações para a compra estariam acontecendo no portão dos fundos da casa do candidato.

De acordo com as informações, a Polícia Federal esteve na casa do candidato ao cargo de Prefeito de Coari, Robson Tiradentes Jr para apurar denúncia anônima sobre compra de votos que estaria acontecendo com intenção de favorecer o candidato.

Segundo apurado, a Polícia Federal esteve no local e conduziu Robson Tiradentes que estava no local na hora da abordagem, para prestar esclarecimentos na delegacia.

Neste domingo será realizada a eleição suplementar para a Prefeitura Municipal de Coari. Os candidatos ao cargo de prefeito são Keitton Pinheiro (PP), Robson Tiradentes Junior (PSC), José Henrique Oliveira (PL) e Aldemir Almeida Mitouso (PSB).

Advertisement
Advertisement
Advertisement

Leia Também

Copyright © 2021 Observatório Manaus - Desde 2012