Connect with us

Polícia

Receita Federal apreende castanha com maconha no Aeroporto de Manaus

As Equipes de Vigilância e Repressão e de Controle de Bagagem da Alfândega da Receita Federal no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes (EVR) realizaram, na madrugada desta terça-feira (22), atividades de fiscalização e controle aduaneiro em cargas e bagagens saindo de Manaus que resultaram na apreensão de 53,8kg de maconha tipo skunk.

(Foto: Divulgação / Receita Federal)

Após realizar procedimentos de análise de risco aduaneiro a fiscalização identificou carga de Castanha do Brasil saindo de Manaus para São Paulo com suspeitas de presença de drogas. Com a realização da verificação física da carga se constatou a presença de 53,8gk de maconha tipo skunk em 8 volumes de castanhas.

A Alfândega do Aeroporto de Manaus informa que as ações de fiscalização e controle aduaneiro que são realizadas tem por objetivo evitar a circulação, no território nacional, de produtos potencialmente nocivos à saúde e ao meio ambiente, e inibe a prática de crimes que geram desemprego, sonegação de impostos e concorrência desleal à indústria e ao comércio local.

A Receita Federal também alerta que muitos casos de contrabando e descaminho, considerados pela população como crimes “menores”, estão ligados ao crime organizado que atua nas fronteiras brasileiras. Essas organizações criminosas, que promovem tráfico internacional de drogas, armas e munições, utilizam-se do mercado ilegal de produtos como forma de financiamento para suas ações. É importante que a população se conscientize de que o que pode parecer uma “pequena transgressão” traz grandes prejuízos ao país, contribuindo inclusive para a deterioração da segurança pública.

Fonte: D24am.

Advertisement

Leia Também

Copyright © 2021 Observatório Manaus - Desde 2012