Connect with us

Poder

“Não vamos mais pagar R$ 4 por litro de gasolina”, diz Mourão

O vice-presidente da República Hamilton Mourão disse que, ainda que o preço da gasolina e demais combustíveis tenham uma redução, a população precisa entender que não voltará a patamares de anos anteriores.

– Uma realidade a gente tem que entender, o preço do combustível, fruto até da questão da transição energética que nós temos que viver, não vai voltar aos patamares que a gente gostaria. Não vamos mais, na minha visão, pagar R$ 4 por litro de gasolina, vai ser difícil isso acontecer – declarou em conversa com jornalistas na chegada ao Planalto, nesta quarta-feira (16).

O vice-presidente pontou que há uma “histeria” em torno da questão atual do petróleo, em meio ao conflito entre Rússia e Ucrânia.

– Essa questão do preço do petróleo é muita histeria, porque houve uma variação, vamos dizer assim, violenta do preço do petróleo, fruto aí primeiro da questão da pandemia, do retorno da atividade econômica. Depois, está havendo esse conflito absurdo lá na Rússia e na Ucrânia – assinalou.

O general afirmou também que a Petrobras deve ajustar os preços, depois da recente queda do preço do petróleo no mercado internacional.

– Óbvio que o mercado começa a se reequilibrar. Então, [o preço do barril de petróleo] bateu US$ 139 e já está em US$ 99, US$ 98. É óbvio [que] essa flutuação acredito que a Petrobras vai encaixar isso aí e vai haver uma redução – disse.

Na terça-feira (15), o presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou esperar que agora, com a queda no preço do barril de petróleo tipo Brent, a Petrobras acompanhe a flutuação para baixo. Ele afirmou que poderá ser aprovada a redução do Pis/Cofins.

Advertisement

Leia Também

Copyright © 2021 Observatório Manaus - Desde 2012