Connect with us

Amazonas

Boi Garantido é marcado por desentendimento entre diretoria, levantadores, torcida e suspeita de desvio de verba

Neste último final de semana, aconteceu o Festival Folclórico de Parintins 2022, onde consagrou o boi Caprichoso campeão, mas o boi Garantido foi marcado por muitos acontecimentos e desentendimentos entre seus membros.

No domingo (26), o levantador de toadas do boi Garantido, Sebastião Júnior, anunciou sua saída durante a passagem de som, deixando os torcedores revoltados com a diretoria do boi.

Horas antes da apuração, nesta segunda-feira (27), os levantadores de toadas, David Assayag e Edilson Santana, também anunciaram a saída através de suas redes sociais, causando um grande conflito entre os torcedores. Além deles, o diretor musical Leonardo Pantoja, Rogely Ferreira que interpreta a mãe Catirina e Allan Rodrigues da Direção Geral do Garantido (DGE).

Durante a apuração de notas, o diretor do boi Garantido Antônio Andrade, não compareceu para acompanhar as notas.

Antônio está sendo investigado por falta de transparência pelo recebimento de um total de R$ 8 milhões de verba pública. Algumas denúncias apontam também que o diretor construiu uma casa ampla, com piscina e acesso direto para o rio, em uma área nobre de Parintins, avaliada em torno de R$800 mil. Em 2003, Antônio foi expulso do boi vermelho e branco, por suspeitas de irregularidades.

Advertisement

Leia Também

Copyright © 2021 Observatório Manaus - Desde 2012